Uma das minhas maiores dificuldades na hora de controlar os gastos durante o mês era o de calcular o impacto de um gasto emergencial ou não esperado no orçamento final do mês. Aquela velha mania de memorizar saldos do orçamento e realizar cálculos baseados neles o tempo todo. Para evitar isto criei uma planilha simples de controle de gastos onde eu coloco o valor do gasto/compra e consigo ver quanto vai faltar ou sobrar no mês. E o melhor: como ela é bem simples, o prazo pode ser alterado a vontade. Eu, por exemplo, coloquei uma previsão até o fim do ano.

A ideia é bem simples: eu uso um extrato exportado de meu home banking como base e incluo uma pequena fórmula para calcular o saldo atual ao lado, a única diferença é que eu incluo abaixo do extrato linhas com os gastos previstos no orçamento e ainda não realizados e uma linha especial para saber o impacto das compras. Eu disse que era simples, só não disse que era idiota, não é? Pode parecer óbvia a ideia, mas é aquele tipo de coisa que está na cara, mas não fazemos.

Então, um exemplo simples de como eu faço esta planilha:

1) Ao final do extrato no home banking, normalmente encontramos alguma opção de “exportar” como no exemplo abaixo. Alguns bancos tem opção como csv (comma separated values), que o excel também lê e abre como uma planilha, então se for o caso usem esta opção. No exemplo foi utilizado o banco Santander.

export_santander

2) Um detalhe referente ao Santander, ao abrir o arquivo o Excel diz que ele não é confiável ou está corrompido, é só clicar “Sim”. Deve ser algum problema de versão, ou sei lá, nada para se preocupar.

export_santander_erro

3) O extrato exportado se parece com o abaixo, este saldo é o calculado pelo banco:

export_santander_extrato

4) Abaixo da última entrada eu insiro as contas que ainda devem ser pagas como supermercado, escola, empréstimos e etc até o final do mês, conforme o meu orçamento já feito em outro momento. Na data eu coloco “falta” mesmo que eu saiba quando precisarei pagar. É uma forma de diferenciar o que já foi realizado do que ainda não foi pago. Na linha do saldo eu coloco a fórmula descrita na imagem. O que ela faz é verificar se a célula que contém o valor está preenchida, caso esteja ela soma o valor com o saldo anterior. Se não estiver ela mantêm a célula em branco. O porquê desta verificação vem a seguir no próximo passo.

export_santander_previsao

5) Ao arrastar a seleção para baixo para copiar a fórmula, as outras células se mantêm em branco devido àquela verificação feita, com isso a planilha fica com um visual mais limpo.

export_santander_arrastar

export_santander_vazio

Então se você quiser, pode incluir todas as contas do mês corrente, pular uma linha para usar para calcular os gastos extras, e já colocar o orçamento previsto do próximo mês. A única limitação neste caso é que é necessário preencher o valor na linha em branco com um zero, senão a fórmula da linha abaixo retornará erro

Espero que esta dica tenha ajude alguém como me ajudou a controlar os gastos, pois ver o impacto deles em vários meses ajuda muito a evitar gastos supérfluos e que podem ser postergados.

Anúncios